Produção brasileira de lúpulo

221 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 221 221 Flares ×

A partir de um projeto apresentado pela Biotec (empresa de pesquisa científica na área farmacêutica e agropecuária), o Paraná estuda uma possível implantação de uma cadeia produtiva de lúpulo. Segundo a pesquisa da empresa, o estado do Paraná tem um grande potencial para desenvolver um mercado produtor dessa flor muito comum no meio cervejeiro.

O tempero da Cerveja

O tempero da Cerveja

“O lúpulo se desenvolve em clima frio, por isso não é produzido no Brasil. No Paraná, a região Sul tem potencial para a produção de lúpulo, em função do clima”, afirma o analisa Cirino Corrêa Júnior, coordenador do projeto de plantas potenciais do Instituto Emater.

Esta boa nova, foi discutida no dia 10/03/2014 numa reunião entre o Secretário Estadual da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara, e representantes ligados à tecnologia agrária.

“Com a produção em climas propícios e a orientação técnica adequada aos produtores, o Paraná tem chances de criar esta cadeia produtiva. É uma aposta, mas com grandes possibilidades”, acrescenta Cirino.

Sabemos que esta busca por uma produção brasileira de lúpulo, já teve seu milagre na Serra Catarinense, numa plantação experimental de 15 hectares no município de Urubici (SC) em 2008. Onde segundo os envolvidos no projeto, obtiveram resultados excelentes. (Alguém sabe como anda esse projeto?)

Além de encher as esperanças cervejeiras, em encontrar uma alternativa nacional de lúpulo, esta notícia também abre a possibilidade de se tornar uma renda alternativa para a agricultura familiar no Paraná.

Sem dúvida esta é uma ótima notícia! Ainda mais, quando existe o interesse do governo, pois, o lúpulo é altamente rentável, podendo ser utilizado não só no meio cervejeiros, mas também nas indústrias farmacêutica, alimentícia, de cosméticos e biocombustível.

Mas temos que nos conformar, pois, até chegar em nossas panelas um lúpulo tupiniquim, vai demorar um certo tempo.

2 ideias sobre “Produção brasileira de lúpulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*