Processo de Produção da Cerveja Artesanal: Resfriamento e Aeração

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Dando continuidade ao processo de produção da cerveja artesanal, após a fervura do mosto, damos início aos preparativos da fermentação com algumas etapas simples, mas, que requer além de muita atenção uma boa sanitização!

Resfriamento

Logo após a fervura, o mosto deve ser resfriado de 90-95C para algo em torno de 20 C – dependendo do tipo de fermentação que será conduzida -, no menor tempo possível.

Processo de produção cerveja artesanal - Resfriamento do mosto

Processo de produção cerveja artesanal – Resfriamento do mosto

O resfriamento é feito com a intenção de se adequar a temperatura do mosto a temperatura de inoculação da levedura, além, de proporcionar a decantação das proteínas e o que restou do lúpulo para o fundo do caldeirão.

Com o resfriamento do mosto, todo cuidado e sanitização se tornam regras invioláveis, pois, qualquer erro pode comprometer toda a cerveja daqui para a frente.

Aeração e Inoculação

Após o resfriamento e antes do início da fermentação, um dos pontos cruciais para que se ocorra uma multiplicação correta das leveduras é a Aeração.

Devido a perda de oxigênio durante a fervura, é vital que se intorduza oxigênio no mosto, pois, com uma multiplicação saudável do fermento cervejeiro, o tempo de início da fermentação é reduzido e a atenuação é aumentada.

Com o término da oxigenação do mosto, podemos inocular o fermento ao nosso mosto, lacrar o balde, introduzir o airlock e ver a mágica acontecer…

Reidratação da levedura seca.

Reidratação da levedura seca.

Pronto! Nas etapas de fabricação da cerveja artesanal, já passamos pela produção de um mosto com bastante açúcares, fervura, resfriamento, aeração e agora colocamos os verdadeiros cervejeiros – que estavam de folga esse tempo todo – para inciar os trabalhos.

Que Ninkasi nos ajude!

Quer Aprender Mais Sobre Cerveja?

Cadastre seu email abaixo e receba gratuitamente as dicas e atualizações do blog!

Fique tranquilo, também odiamos spam 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *