Arquivo da tag: técnicas

Como Fazer Corretamente o Dry Hopping na Sua Cerveja

Se você está pensando em dar aquela caprichada nos aromas da sua cerveja, sem dúvida, sua melhor opção é fazer um dry hopping. Mas aposto que é aí que surge aquela dúvida: afinal de contas, como fazer corretamente o dry hopping na minha cerveja?

Sim cervejeiro, é justamente para te auxiliar nessa empreitada que escrevi esse post, portanto, pode ficar tranquilo. 🙂

E antes de começar a tratar diretamente dessa técnica simples, porém, poderosa, não podemos deixar de reconhecer a versatilidade e as inúmeras funções que o lúpulo nos proporciona, seja ela tanto no amargor, no aroma, no sabor ou, como em alguns casos, em todos os três conjuntamente.

Como Fazer Corretamente o Dry Hopping

(foto zolakoma)

Basicamente o dry hopping consiste em adicionar uma quantidade extra de lúpulo na nossa cerveja, após a fermentação, com o objetivo de proporcionar um melhor aproveitamento dos seus óleos essenciais, e consequentemente, intensificar os aromas de lúpulo na nossa cerveja.

E como os óleos essenciais são bastante voláteis e durante a fervura eles tendem a perder suas características rapidamente, além das adições de lúpulo com essa finalidade perto do final da fervura, o dry hopping se torna uma excelente opção para se obter um melhor aproveitamento desses óleos essenciais, e assim, extrair o máximo de aroma em nossa cerveja.

E aqui cabe uma observação importante: o dry hopping não irá adicionar nenhum amargor a sua cerveja, até porque, para que ocorra a isomerização dos alfa ácidos é imprescindível que o lúpulo seja submetido ao processo de fervura, como nós vimos nesse post, lembra?

Continue lendo