Como Montar seu Chiller de Imersão

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 1 Flares ×

Prosseguindo com nossas postagens do Aprenda a Fazer Cerveja em Casa: Equipamentos Necessários, hoje vamos falar sobre como montar seu Chiller de Imersão.

Basicamente, o Chiller de Imersão nada mais é que uma serpentina utilizada para resfriar o mosto pós fervura, onde se introduz água fria em uma de suas pontas fazendo com que ela circule pelo seu interior, produzindo assim, a troca de calor entre a água e o mosto.

Como montar seu Chiller de Imersão

O seu Chiller de Imersão poderá ser feito dos seguintes materiais: Inox, Alumínio ou Cobre. Muitos cervejeiros caseiros – inclusive eu – utilizam chiller feito de cobre, devido sua boa condutividade térmica e seu baixo custo, proporcionando um ótimo custo benefício.

Depois dessa pequena explicação, vamos botar a mão na massa, quero dizer, no Chiller.

Como montar um Chiller de Imersão

Para a montagem do seu chiller de imersão, você vai precisar dos seguintes materiais:

– 15 metros de tudo de cobre maleável de 1/2″ polegada (essa medida é suficiente para resfriar levas de 20 litros);

O tubo de cobre pode ser encontrado em lojas especializadas em refrigeração ou tubulações, e é vendido por metro.

– Mangueira de 1/2” polegada de preferência silicone;

O tamanho vai depender da distância entre a torneira e a entrada do chiller, assim como, da saída do chiller até o ralo ou recipiente para acomodar a água. Por mais que as mangueiras de silicone sejam caras, é recomendável que as adquira, pois, são mais resistentes a altas temperaturas.

– 2 abraçadeiras;

– Conector para a torneira.

Com os materiais em mãos, vamos a montagem!

– Para se dar formato ao chiller de imersão, basta você envolver o tubo de cobre num balde ou post-mix, e ir enrolando em volta até que ele fique da forma desejada.

Chiller Imersão

– Após a modulagem, basta encaixar as mangueiras nas pontas de entrada e saída do chiller e fixá-las com as abraçadeiras.

Quer Aprender Mais Sobre Cerveja?

Cadastre seu email abaixo e receba gratuitamente as dicas e atualizações do blog!

Fique tranquilo, também odiamos spam 😉

Fixando a abraçadeira no Chiller

– Em seguia, conecte o Conector da Torneira na ponta da mangueira onde será a entrada da água. Pronto!

Agora seu Chiller de Imersão já está pronto o trabalho! =)

Chiller de Imersão montado!

Diminuindo o tempo de resfriamento do mosto

Caso queira dar um “up” na velocidade do resfriamento do seu mosto, você poderá montar um outro chiller menor (com uns 4-5m) e ligá-lo em série, fazendo com que a água que vem da torneira passe primeiro pelo chiller menor (que deverá ser colocado num recipiente com gelo), e depois pelo outro que encontra-se dentro da panela, diminuindo e muito seu tempo de resfriamento.

Quer Aprender Mais Sobre Cerveja?

Cadastre seu email abaixo e receba gratuitamente as dicas e atualizações do blog!

Fique tranquilo, também odiamos spam 😉

8 ideias sobre “Como Montar seu Chiller de Imersão

  1. Francisco

    Boa tarde David
    Estou montando meu kit e gostaria de obter sua opinião sobre o seguinte sistema de resfriamento para 20 l :
    pre chiller com 7,5 m para balde e outro em serie com 15 m para imersão na panela do mosto ( panela no. 40 ). Aproveito para perguntar se poderia usar bitola de 3/8 . Abç

    Responder
    1. David Silva Autor do post

      Olá Francisco,

      Para 20l esse sistema está ótimo!
      Já em relação ao tamanho da bitola, eu optaria por usar uma maior (1/2″), pois, você ganhará em rapidez e eficiência no resfriamento.

      Forte abraço e ótimas cervejas.

      Responder
  2. Edmundo Maia

    David, bom dia!

    Vc comprou o tubo de cobre em uma loja aqui em SJCampos?

    Se sim, poderia me indica-la?

    Obrigado! Parabéns pelos Posts, muito bacanas e esclarecedores!

    Responder
  3. Gabriel

    Olá David, parabéns pelo post, como sempre muito bom! Eu tenho pouco espaço disponível no meu apartamento e por isso meu kit é de 5L, minha panela de fervura tem cerca de 8L apenas. Uma das minhas maiores dificuldades é justamente o resfriamento rápido do mostro, pois como vc citou, não possuo recipiente adequado para colocar a panela em banho maria.
    Gostaria de montar um chiller de imersão de cobre, mas ainda tenho uma dúvida. A água inserida na mangueira que passa pelo chiller e resfria o mosto é descartada? Como se fosse uma torneira aberta? Utilizando outro recipiente com gelo para resfriar a água é possível montar uma forma de reutilizar?

    Responder
    1. David Silva Autor do post

      Olá Gabriel,

      Bem, de certa forma a água utilizada para o resfriamento é “descartada”, como se fosse uma torneira aberta mesmo. Todavia, eu recomendo que você reutilize essa água de alguma forma, como por exemplo, para a limpeza dos equipamentos e/ou do local da brassagem depois.

      Eu costumo fazer o seguinte, inicio o resfriamento e com a água que vai saindo encho dois galões de 20 l para utilizar depois na limpeza. Em seguida, coloco o retorno da mangueira no topo de um balde com gelo e ligo uma bomba na torneira desse balde, assim, a água do balde é bombeada para o chiller e retorna pro balde. Dessa forma eu acelero o resfriamento, economizo e o meio ambiente agradece..rs =]

      Forte abraço e ótimas cervejas.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *