A importância do Software Cervejeiro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Quando iniciamos nesse maravilho hobby de fazer cerveja artesanal observamos na prática como que muitas das aulas de matemática e física não foram em vão.

Software Cervejeiro

Porém, dentre os diversos cálculos cervejeiros que compõe os alicerces de nosso precioso líquido (cálculo de amargor, graduação alcoólica, eficiência de brassagem, cálculo de quantidade de malte, quantidade de água, cor da cerveja e muitos outros), constatamos também que se caso, assim como eu, você não for um matemático talvez terá de arrumar um outro hobby ou seguir religiosamente uma receita qualquer, dado à complexidade de muitos desses cálculos.

Mas calma, nem tudo está perdido.
Nós temos uma salvação: o Software Cervejeiro!

O Software Cervejeiro

Além de te dar aquela ajuda nos cálculos, com um ótimo software você poderá criar, redimensionar, compartilhar e ajustar suas receitas, medir a eficiência do seu equipamento, ajustar o perfil da sua água, efetuar conversões, estimar o custo da sua brassagem e ficar tranquilo. 😉

Portanto meu amigo(a), um bom software cervejeiro é e sempre será teu grande aliado, isso mesmo você tendo iniciando agora ou sendo um cervejeiro experiente.

O Canivete Suíço do Cervejeiro Caseiro

Atualmente encontramos excelentes softwares cervejeiros no mercado, cada um com sua particularidade, mas que no geral, atendem ao nosso propósito e também a diferentes gostos e bolso.

Dentre os softwares em destaque podemos citar o Beer Tools, BeerSmith, Brewtarget e Brewer’s Friend.

Depois de testar alguns softwares e ferramentas eu optei pelo BeerSmith, o Canivete Suíço do Cervejeiro Caseiro, tanto por sua eficiência quanto pelas diversas ferramentas que nos auxiliam em praticamente todas as etapas do processo.

BeerSmith

Um outro ponto forte do BeerSmith é a sua compatibilidade com diferentes sistemas operacionais, podendo ser instalado tanto em Windows, MAC ou Linux. Sem falar no preço acessível de sua licença que é de $27,95 para dois computadores.

Abaixo o link para o download do BeerSmith 2.3:
Download BeerSmith 2.3
Deixar BeerSmith 2.3 em Português (clique com o botão direito e selecione “Salvar Como”)

Concluindo…

Possuir e saber manusear um bom software cervejeiro é sem dúvida um passo importante para o cervejeiro, no entanto, tenha em mente que compreender o processo de produção é o que realmente resultará numa cerveja de qualidade.

Ficou com alguma dúvida? Ou tem alguma sugestão?
Comente! =)

Quer Aprender Mais Sobre Cerveja?

Cadastre seu email abaixo e receba gratuitamente as dicas e atualizações do blog!

Fique tranquilo, também odiamos spam 😉

11 ideias sobre “A importância do Software Cervejeiro

  1. Raphael

    o problema é conseguir mexer no software, eu tenho ele aqui e é muita informação que ele contem.
    e nao existe tutorial em portugues ainda, só em ingles. Daí complica mais ainda !!! Mas parabens pelo site, leio os artigos sempre. Obrigado

    Responder
  2. Sérgio Cirillo

    depois de “salvar como” o link para tornar o Beersmith em português, qual é o procedimento para isso acontecer?
    Grato:
    Sérgio

    Responder
    1. David Silva Autor do post

      Olá Sérgio,

      O procedimento para deixar seu Beersmith em português é o seguinte:

      1) Feche o programa, caso esteja aberto.
      2) Copie o arquivo baixado (Lang.xml) e cole-o na pasta raiz onde foi instalada seu Beersmith:
      – No caso de Windows: C:\Program Files (x86)\BeerSmith2 (geralmente)
      – No Linux: /usr/share/BeerSmith2
      3) Abra o Beersmith, e pronto! =)

      Abraço e boas cervejas!

      Responder
        1. David Silva Autor do post

          Olá Juarez,

          Para baixar esse arquivo, basta clicar com o botão direito do mouse sobre o link e selecionar a opção “Salvar link Como” 😉

          Abraço e ótimas cervejas.

          Responder
  3. Airton Alves Cabral

    Qual é a quantidade de oxigênio que devo adicionar ao mosto para uma correta fermentação? Comprei um cilindro e uma valvula reguladora com fluxometro.

    Responder
    1. David Silva Autor do post

      Olá Airton,

      Para a fermentação de vários estilos, são necessários em média cerca de 8-12 ppm de O2 dissolvido no mosto, sendo que, com a injeção de O2 puro – usando um cilindro de O2 + uma pedra difusora – você precisará, em média, de 2 minutos para se atingir uma quantidade próxima a 15ppm de O2 dissolvidos no mosto.

      Abraço e ótimas cervejas.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*